Screencast

Screencast: o que é e como usar

O mundo do design possui uma série de ferramentas que você pode explorar a fim de entregar um trabalho diferenciado. Entre eles, utilizar a técnica de Screencast pode facilitar bastante a vida de quem desenvolve e aplica estratégias de marketing.

Assim, essa ferramenta serve também com um bom condutor de tráfego. Então, ela se apresenta como uma excelente aposta para quem deseja produzir conteúdos de multimídia.

E, então, ficou curioso? Para sabe tudo sobre o conceito e a utilização de Screencast basta acompanhar este post até o final!

O que é Screencast?

Um Screencast nada mais é do que um vídeo que mostra a própria tela do computador ou smartphone. De maneira geral, para a produção de conteúdo, ele é seguido de uma narração ou de legendas.

A principal função que as pessoas dão para a ferramenta é a criação de conteúdos como tutoriais e cursos sobre programas. Assim, você pode ensinar os detalhes sobre o assunto, mostrando na prática como tudo funciona.

Assim, o Screencast acaba sendo uma maneira mais didática de mostrar a prática de algo. Especialmente quando o assunto é programa de computadores, aplicativos, ou algo do tipo.

Screencast
Foto – Reprodução: Canva

Como utilizar?

A forma de utilizar o Screencast como estratégia para o seu trabalho é bastante simples. Aliás, é também um excelente recurso, já que reproduzir a tela de um computador ou celular com um terceiro aparelho é uma péssima experiência.

Então, a partir dessa estratégia você pode capturar o conteúdo diretamente da tela do seu aparelho, gravando a partir dele mesmo. Para isso, basta escolher o programa que melhor se adeque às suas necessidades e objetivos.

Para fazer a captura, você vai precisar de um software. Embora haja opções gratuitas, eles costumam ter como exigência a fixação de uma marca d’água com a logo do software. Apesar de ser uma troca justa, talvez isso não seja tão legal para você. Por isso, vale a pena escolher um software de fácil operação, com um tamanho menor para o drive e livre de marcas d’água; mesmo que isso possa te custar um pouco mais.

Depois de ter o software escolhido instalado em seu aparelho, vai ficar muito mais fácil produzir conteúdos como tutoriais e cursos online, vídeos de implementação de sistemas, demonstração de produtos, ou mesmo chamadas sociais a fim gerar tráfego.

Além de saber como, é importante identificar onde seria melhor utilizar o Screencast. E, para isso, há plataformas especialistas e boas receptoras do formato. É o caso, por exemplo, do Youtube, Redes Sociais, Blogs e Landing Pages.

Principais softwares de Screencast

Entre as muitas opções de softwares, você pode escolher aquele que atende melhor às suas necessidades. Afinal, cada um deles promete atender a um tipo de demanda. Então, você precisa conhecer os principais e o seu potencial antes de fazer a sua escolha.

Camtasia Studio

Esse, por exemplo, é uma das opções mais utilizadas pelo público. Talvez isso se deva à sua facilidade de uso, além dos ótimos recursos disponíveis. Através do próprio software você também pode editar os conteúdos, e não apenas capturá-los. E, convenhamos, isso economiza um bocado de tempo.

Certamente, esse não é o recurso mais barato que você verá. Entretanto, a promessa é que ele atenda às demandas mais exigentes no campo da captura e edição de tela. Assim, ele chega a custar US$199, mas, deixa que os clientes testem grátis por um tempo, antes da decisão final.

Screencast
Foto – Reprodução: Canva

Movavi Screen Capture

Uma das boas razões para se escolher este software de Screencats é o fato de ele ser barato, além de poder ser pago em real. Ele também é um programa de fácil utilização, e tem o site em português, o que facilita bastante a vida do produtor de conteúdo.

Aqui também você poderá editar os vídeos capturados. Além disso, é possível adicionar títulos, efeitos, e outras opções que vão melhorar o trabalho. Apesar da versão grátis para teste, o Movavi passa a cobrar depois de um tempo. Mas, trata-se de um preço atrativo, de R$ 75.

VideoSoft Free Screen Video Recorder

Entre as versões grátis possíveis, essa parece ser uma das melhores. Entretanto, embora os recursos de captura de tela sejam muito fáceis de usar, aqui não será possível realizar a edição do material. Mas, você pode fazer isso utilizando outros softwares de apoio. Alguns deles também estão disponíveis de maneira gratuita.

Assim, se você precisa apenas de um recurso para gravar a tela, talvez essa seja uma boa solução. Também, não custa nada testar, não é mesmo? E, literalmente, não custa nada!

Agora que você sabe o que é e como utilizar a estratégia, inclua a exploração dela em seu cronograma de marketing. Afinal, ferramentas e possibilidades são muito bem vindas no mundo marketeiro.

Leia também: Guia: como aumentar a reputação da sua marca

Posts relacionados

Inscreva-se e receba

conteúdos exclusivos

Seja Vono Marketing

Alavanque o
seu negócio

no mundo do
marketing