UX Design

O que é UX Design?

Quando você utiliza uma tela em um navegador ou aplicativo, o que mais marca a utilização, certamente é a experiência que você teve, certo? Isso começa desde a tela e menu disponíveis até a funcionalidade efetiva da plataforma que você está usando. E, é exatamente sobre isso que vamos falar aqui. UX design é o que trata da experiência do usuário em relação a determinada plataforma.

Mas, o UX design tem aplicações muito mais profundas do que essa introdução simplista. Então, reunimos aqui tudo o que você precisa saber sobre esse assunto. Para descobrir tudo, continue com a gente!

O que é UX design?

UX design, na prática é exatamente a experiência que você tem como usuário de determinado produto ou serviço. Então, não esse é um conceito que precisa se aplicado em muito mais do que telas, mas em toda e qualquer experiência que você tenha.

UX Design
Foto – Reprodução Medium

No cotidiano, então, de maneira palpável, UX design é a área que cria e melhora os elementos que constroem a experiência do uso de qualquer coisa. Isso acontece a partir de pesquisas com usuários a partir de técnicas e metodologias diferentes e específicas para cada área.

Para garantir uma experiência de sucesso, o UX design se baseia em três pontos muito importantes:

Facilidade de uso

O primeiro ponto de sustentação de UX design é o quanto o serviço é operável. Ou seja, quanto mais intuitivo e de fácil operação, melhor será a experiência do usuário.

Utilidade

Para potencializar a experiência, faz parte do pacote a utilidade do produto ou serviço. Assim, para que a experiência seja boa, o objeto dela tem que servir para alguma coisa.

Prazer

Uma das grandes buscas dos usuários moderna, seja onde for, é pelo prazer. Então, além de fácil de usar e útil, o produto ou serviço em questão também deve propiciar ao usuário o mínimo de prazer.

Por que usar UX design nas marcas, produtos e serviços?

Considerando que o mundo é cada vez mais virtual e tecnológico, então, as experiências oferecidas online também precisam contar com os pontos acima. Então, utilizar UX design em todas as oportunidades é necessário por alguns motivos.

UX Design
Foto – Reprodução Medium

Uso dos softwares estão em alta

Nunca se desenvolveu e usou tantos apps e plataformas online na história. Atualmente, há opções que facilitam todo e qualquer tipo de atividade apenas utilizando telas. Então, é uma boa área para aplicar UX design e potencializar as experiências dos usuários.

O design atrai usuários

Se você observar grandes empresas que estão presentes no mundo digital, uma das características comuns entre elas é a adoção de um bom processo de design. Assim, o design que otimiza as experiências é sinônimo de sucesso e lucro.

Todo mundo quer uma boa experiência

Por causa da facilidade de acessos do mundo moderno, a característica que mais diferencia os produtos e serviços é, exatamente, a experiência que ela possibilita aos usuários. Então, como UX Design é, exatamente, a expressão da boa experiência, torna-se cada vez mais importante a sua utilização.

Etapas de um projeto de UX Design e ferramentas possíveis

Para dar uma melhor panorama para a sua visão de UX Design, separamos aqui as etapas que costumam estar presentes nesse tipo de projeto. Assim, você pode entender gradualmente como se aplica, na prática, esse tipo de estratégia.

UX Design
Foto – Reprodução UX Collective

Entendimento

Na etapa do entendimento do processo, duas vertentes são utilizadas como estratégia. A primeira delas tem a ver com empatia. Isso quer dizer que, essa é a fase do processo onde é necessário entender qual é o desafio que precisa ser solucionado. A resposta virá através de entrevistas com os usuários e pesquisas dos serviços já existentes.

Na segunda etapa do entendimento, você precisa definir qual será o ponto principal onde você irá atuar em relação ao problema que precisa de resolução.

Nessa fase do processo, as ferramentas mais utilizadas costumam ser:

  • Brainstorming – Trata-se de uma espécie de técnica de dinâmica de grupo que se desenvolve a fim de explorar a potencialidade criativa das pessoas envolvidas.
  • Proto-personas – Aqui tem-se um tipo de persona criada apenas com as informações que a empresa já possui sobre os consumidores. A partir dela, já é possível idealizar o tipo de experiência que seria o ideal a ser oferecida.
  • Blocos de Anotações – O importante nessa etapa é anotar tudo aquilo que surgir no campo das ideias. Para isso, você pode utilizar ferramentas comuns com as quais você tenha mais afinidade. Como exemplo, nós tempos: Word, Google Docs, Evernote ou até o próprio papel físico.

Exploração

O próximo passo tem a ver com a exploração da solução possível. Para isso, você pode reunir as pessoas envolvidas e extrair delas as melhores ideias. Nessa etapa do processo, é muito importante ouvir ideias alheias e considerar a sua execução.

Em seguida, como forma de exploração, faz parte da estratégia UX Design testar da maneira mais real possível. Assim, as soluções propostas após os testes chegarão o mais próximo possível dos resultados reais da aplicação da estratégia. É assim que se vive a etapa do protótipo.

Para adentrar no campo da exploração, também selecionamos algumas ferramentas que vão te ajudar:

  • Benchmarking – Essa é uma técnica que se usa a fim buscar melhores práticas de gestão. Isso pode ser feito, por exemplo, a partir da análise de táticas utilizadas por empresas concorrentes e que funcionam.
  • Personas- Nessa fase, utilizar a criação de perfis fictícios considerando informações reais de usuários em potencial é uma boa ferramenta.
  • Etnografia – Trata-se de um trabalho de campo a fim de levantar informações sobre aquilo que será o seu objeto de alcance. Logo, é o estudo daqueles que serão os usuários em potencial.
  • Mapa da empatia – O mapa da empatia também é uma ferramenta importante nessa etapa, a partir da utilização dessa técnica você pode se colocar o lugar do cliente no negócio. E, ao entendê-lo melhor, você criará ações mais direcionadas.
  • Jornada do usuário – Em UX design, essa é a etapa do processo onde você vai compreender todas as etapas de interação do cliente. É o mapeamento de detalhado de cada detalha do contato e da experiência do usuário com o produto ou serviço.

Materialização

Por fim, é hora de sair do campo das ideias. Afinal, não há resultados práticos para aplicações apenas teóricas. Então, com os protótipos criados, você precisará partir para o teste com quem realmente importa. Para isso, você precisa convidar os usuários para que, de alguma forma, validem a estratégia.

Depois de adquirir a visão do usuário, você vai implementar realmente a estratégia de UX Design desenvolvida. Entretanto, antes disso você terá a chance de melhorar ou consertar aquilo que foi apontado como falha durante a validação dos usuários.

Agora, na fase da materialização, você precisa de ferramentas que tornem tudo mais concreto:

  • Teste de usabilidade qualitativo – Aqui é onde você deve encontrar a maneira ideal de fazer com que o seu cliente ou usuário em potencial teste e valide as estratégias desenhadas. Afinal, ele é o destinatário de todos os esforços.

O que é um UX Designer?

Por traz de toda a implantação da estratégia, porém, há a atuação de um profissional que direciona toda a operação. Considerando o significado que você já entendeu de UX design, fica clara a utilização de UX designer para esse tipo de profissional.

Então, na prática, esse profissional é o personagem na história que executa as ações com foco na experiência do usuário, garantindo que a plataforma em questão traga satisfação a quem opera.

Seus serviços, então, estão ligados a questões de pesquisas de mercado, estudos das necessidades e desejos dos clientes em potencial e análise de seus feedbacks. A partir dessas informações, ele partirá para a etapa de construir as soluções para os problemas encontrados.

Com o crescimento impressionante da interação virtual, essa é uma área que está em constante crescimento. E, para ocupar uma vaga você precisa entender o processo e desenvolver as suas habilidades para que ele aconteça.

Inclusive, as habilidades exigidas nem sempre tem a ver com o que se exige de um designer comum. Ao contrário, mais do que dons gráficos, o que mais se espera de um UX Designer é o feeling de conectar os objetivos do negócio com a necessidade dos usuários.

O que faz um UX Designer?

Dentro do nicho de UX design, um profissional encontra muitas tarefas que devem ser incluídas em sua rotina. Todas elas visão o mesmo propósito, que a satisfação do usuário final. Entre as funções estão algumas tarefas práticas e cotidianas que devem ser desenvolvidas por um UX designer.

Para firmar a base abstrata das soluções que os usuários procuram, o designer precisa estar em constante interação com seus clientes e/ou usuários. Afinal, é assim que ele conhecerá quais são as demandas às quais dará resposta.

UX Design
Foto – Reprodução TOTVS

Faz parte da rotina de um UX Designer, estar imerso em pesquisas constantes sobre os usuários. Essa coleta de dados também ajudará na criação de soluções de mercado. Através dessas pesquisas intensas, o profissional especifica quais são os objetivos do usuários e desenha as personas.

Agora, sim, com todas essas informações, ele pode definir os caminhos da interface que será criada na fase de UI design. Em seguida, um UX designer tem como tarefa a projeção do fluxo de uso de determinada interface e, por fim, a criação de wireframes e dos aspectos básicos de UI.

Como você pode notar, há uma infinidade de informações sobre UX Design que pode ser explorada por você. Quanto mais conhecimento aprofundado e técnicas aprimoradas, maiores serão as suas chances de proporcionar as melhores experiências possíveis. Afinal, assim é que se constrói uma estratégia UX Design de sucesso.

Quer saber mais sobre o assunto? Para isso, basta entrar em contato com a gente!

Posts relacionados

Inscreva-se e receba

conteúdos exclusivos

Seja Vono Marketing

Alavanque o
seu negócio

no mundo do
marketing