Ui Design

O que é UI Design?

Com a intensa evolução das ideias e da tecnologia, há sempre um termo novo a se aprender no mundo do marketing. Você sabe, por exemplo, o que é UI design? Se chegou até aqui, mesmo que não conheça o assunto profundamente, certamente ouviu o termo em algum lugar, não é mesmo?

Pois é, mas, por se tratar de uma evolução importante do marketing, você precisa descobrir não somente o que é, mas como aplicar o UI Design na melhoria dos seus serviços.

Quer descobrir mais sobre o assunto? Vem com a gente!

O que é UX design?

Como se trata de um processo anterior ao UI design, convém trazer à luz , alguns aspectos sobre o UX design que também são muito importantes. Isso porque, por estarem bastante interligadas, podem ser que sejam confundidas em algum momento.

UI design

Assim, antes que a proposta vier uma arte, um botão ou um banner em uma interface, primeiro ela passa por uma análise interessante. Assim, o UX design é responsável trabalhar a experiência do cliente com a marca, ou até com as peças publicitárias.

Em sua função estão tarefas de base como, entender os objetivos da empresa; conduzir os contatos com os usuários, a fim de entender as necessidades; realizar as análises necessárias para compreender as dificuldades de uso; construir as personas de determinado produto e, por fim, elaborar a jornada do usuário até que o objetivo seja alcançado.

O que é UI design?

Agora, sim, compreendido o processo anterior, é hora de desvendar as funções e significados da UI Design. A sigla UI significa User Interface, em inglês. Em português, inclusive, essas palavras são bastante conhecidas e fazem total sentido no Marketing. Isso que dizer que, o UI Design é a área responsável pelo desenvolvimento das telas que servirão de interação com o usuário.

UI Design
Foto – Reprodução Avante Mídia

Atualmente, é possível ver o trabalho de desenvolvimento de interfaces em todos os dispositivos. Eles estão, por exemplo, nas telas de celulares, nos aplicativos, na tela do seu computador, em vídeo games, realidade aumentada, smartwatch e uma infinidade de outros dispositivos eletrônicos.

Então, na prática UI design é o controle ou a interação entre o usuário e a interface em questão. É onde você controla a plataforma através de uma tela com comandos de botões, cliques, ou até voz.

Para que serve UI design?

O contato do cliente potencial com o produto começa com a abordagem. Independente da forma como ela é feita, seja de maneira física ou virtual, geralmente o primeiro impacto é visual. Por isso, para uma marca ou produto, o elemento visual deve ser atrativo ao ponto de iniciar uma relação de consumo.

Assim, toda interface criada está diretamente relacionada com a experiência final do cliente. Afinal, qualquer erro ou acerto se voltará para a imagem da empresa em questão. E é a interface que internaliza a existência de determinada marca para os usuários.

O que faz um UI designer?

A importância de um UI designer na formação do Marketing está retratada em suas funções primordiais. É ele, por exemplo, quem desenvolve o design visual. Isso ele faz a partir do planejamento do UX, que dá base para essa fase do processo. Então, nessa fase, é hora de tornar o abstrato do UX em algo palpável.

Ao que parece, as tarefas desempenhadas por um UI designer não são apenas sobre a estética. Mas, trata-se da identidade do serviço ou produto. Afinal, eles são um reflexo da identidade da empresa. Por isso, deve ser uma etapa cuidadosamente firmada a fim de acompanhar, e potencializar, o sucesso da empresa.

Funções práticas

Mas, tudo começa com com o acompanhamento do projeto que está em andamento. Através de reuniões de alinhamento, por exemplo, o profissional de UI Design fica por dentro dos novos produtos e das análises de resultados das UI já criadas.

Um bom UI designer também participa do planejamento da próxima UI design. Inclusive, ele o faz a partir de pesquisas, leituras, estudos das personas, inspirações e esboços. Nessa fase, muitos deles utilizam programas como o Overflow que facilita o processo de criação.

UI design
Foto – Reprodução Creative ONL

Além disso, um profissional dessa área também é responsável por criar protótipos interativos. O objetivo desses protótipos é propiciar que testes sejam feitos. A partir dos resultados dos testes, o UI designer pode partir para as guias de produção. Essa é a fase onde o profissional já estará utilizando como  método as ferramentas como Figma e Adobe XD.

Com tudo estruturado, a UI design enfrenta a fase de testes. Nesse momento, o ideal é colocar usuários potenciais para testar. Assim, a partir dessa utilização, recolhe-se as manifestações de feedbacks a fim  de utilizá-los para os ajustes. Agora, na fase da finalização, as ferramentas de utilização mais comuns são aqueles ao estilo Maze.

Por fim, um UI designer também se envolve com a programação final do produto que será feita pelos engenheiros de software. Nesse caso, o seu papel é elaborar as guias de programação de maneira a direcionar o próximo passo.

Elementos essenciais de uma User Interface

De maneira geral, uma interface possui 4 elementos. Cada um deles permite ao usuário executar uma determinada tarefa de interação com a plataforma em questão.

  • Botões e formas – Esses são os elementos mais autoexplicativos de uma interface. Enquanto o botão auxilia na interatividade entre usuário e plataforma, as formas são um auxílio na organização da página.
  • Tipografia – Esse elemento da UI interface permite que você escolha as fontes e tamanhos das letras. Isso vai te permitir adequar o visual da tela à experiência de quem acessa. Aqui, então, deve-se optar por letras com formas mais claras e com tamanhos que não sejam exagerados nem para mais e nem para menos.
  • Ícones – Em uma interface, a primeira visão que se tem é, exatamente, dos ícones. Afinal, eles estão ali na frente do usuário e transmite a mensagem para o cérebro com muito mais rapidez. Por isso, cada ícone da interface deve ser fruto de um estudo profundo e de criatividade que ligue o ícone ao conteúdo dele.
  • Cores – Parece um elemento simples mas, as escolhas utilizadas fazem muita diferença no UI design. Inclusive o processo de escolha costuma ser compreender um período de análises e utilização de muita ciência. Pois, elas têm um impacto interessante na hora da visualização do usuário e, por essa razão, precisa ser intencional.

Principais ferramentas utilizadas no UI design.

No mundo do UI Design, há uma infinidade de ferramentas que você pode utilizar para desempenhar o seu trabalho. Entretanto, há algumas que se destacam por alguns motivos: funcionalidade, facilidade e eficiência.

Adobe XD

O Adobe XD é uma das ferramentas mais utilizadas pelos profissionais de UI design. Especialmente em empresas que já utilizam bastante o Adobe, o XD acaba por ser indispensável. Através dele, um UI designer poderá criar de maneira mais prática as wireframes, protótipos interativos, interfaces de voz e layout de tela.

UI design
Foto – Reprodução Adobe Help Center

Figma

Por ser bastante intuitiva e de fácil utilização, o Figma também é uma das ferramentas mais usadas no UI design. Através dessa ferramenta você pode criar protótipos, wireframes, ícones para os layouts e design de interfaces.

UI design
Foto – Reprodução Designerd

Maze

Já na fase final da programação, o Maze é uma das melhores ferramentas para efetuar testes de usuários. Após a análise, a ferramenta emite relatórios que indicam melhorias e mudanças para as próximas fases do processo.

UI design
Foto – Reprodução Capterra

Overflow

Um bom profissional de UI design também costuma considerar o uso do Overflow como ferramenta. Essa ferramenta é mais útil do que se pensa quando o assunto é traçar a jornada do usuário dentro da interface criada.

UI design
Foto – Reprodução Twitter

ProtoPie

Por fim, embora não esgote a lista de ferramentas, o ProtoPie está entre as principais utilizadas pelos UI designers. Especialmente na hora de apresentar os protótipos, os profissionais de UI designer costumam preferir essa ferramenta. Isso porque, ela possui um alto índice de fidelidade, inclusive na projeção de animações.

UI design
Foto – Reprodução ProtoPie

Áreas de atuação de um UI designer

Agora que você já sabe o que faz um profissional de UI design, você também precisa conhecer as áreas em que pode se atuar. E, como vivemos um mundo a vida online está em constante evolução, há espaço para desenvolver esse talento em muitas áreas.

Assim, há diversos caminhos que você pode trilhar e que, se cruzam com os caminhos do UX designer em alguns momentos. Afinal, na prática um é uma espécie de especialização do outro.

Área corporativa

Um das funções que você pode exercer no mundo do UI design está no caminho corporativo. Se essa for a sua escolha, você trabalhará exclusivamente para startups e empresas. Nesse caso, geralmente o trabalho é em exclusividade. Mas, costuma render bons salários fixos.

Agência

Caso enfrentar o desafio de se envolver em coisas diferentes seja a sua paixão, atuar em uma agência é a melhor opção para você. Afinal, em uma agência você acessará vários e diferentes produtos e formas de desenvolvimento da UI design.

Freelancer

Entretanto, se você prefere vender o seu talento direto para o cliente e sem vínculo de trabalhos com alguém, há também a chance de atuar como UI designer freelancer. Para isso, você só precisa ter disponibilidade disposição e coragem de ir à luta.

Com tantos caminhos para seguir, se você é um profissional de UI Design, convém dar um passo a mais em direção ao seu próprio sucesso. Afinal, trata-se de uma necessidade em ascensão e com ótimas oportunidades. Em questão de salário, por exemplo, as oportunidades vão de R$2 mil a R$7 mil em várias partes do país.

Quer saber mais sobre o assunto? Para isso, basta entrar em contato com a gente!

Posts relacionados

Inscreva-se e receba

conteúdos exclusivos

Seja Vono Marketing

Alavanque o
seu negócio

no mundo do
marketing