linha editorial

Linha editorial: O que é e como criar para sua empresa

Quando você lida com Marketing de Conteúdo, precisa entender cada etapa do processo e a diferença que isso pode fazer na sua empresa. Inclusive, antes de lançar o conteúdo ao ar, você precisa criar algumas definições dele. A linha editorial, por exemplo, é a melhor estratégia possível para essa questão. Pois, ao definir a sua linha editorial, você direciona as temáticas que serão abordadas pela sua empresa.

Mas, como fazer isso? Com isso você não precisa se preocupar. Pois, o nosso objetivo é hoje é te mostrar o que é a linha editorial e como você deve utilizá-la na sua empresa. Depois disso, vai ser fácil desenrolar o seu Marketing.

Continue com a gente para descobrir tudo sobre o assunto!

O que é a linha editorial?

Quem é do tempo do domínio das revistas vai se lembrar que essa não é uma tática muito nova. Ao contrário, antes de ser adotada pelo Marketing de Conteúdo, o jornalismo já utilizava a estratégia. Em revistas, por exemplo, era muito comum que o leitor já soubesse antes o que encontraria na edição. Isso porque, elas sempre tiveram a sua linha editorial muito bem definida.

linha editorial

Enfim, a utilização da linha editorial diz da adoção de um direcionamento da temática, linguagem e valores que a sua empresa quer transmitir. Especialmente quando se trata do mundo digital, é também a definição do será transmitido a partir de peças de mídias e redes sociais.

Para que serve a linha editorial?

Conforme já adiantamos, a linha editorial serve para direcionar a aplicação de conteúdos que você dará aos seus interessados. Isso porque, com a temática definida, você pode distribuir a comunicação de forma efetiva, conforme o perfil de cada recebedor.

Entre muitas funções importantes, a linha editorial tem algumas que se destacam:

Direcionamento

Nunca é demais relembrar que, a principal função da linha editorial é direcionar as abordagens e a criação de conteúdos que façam sentido. A partir da consideração da identificação de quem é o seu público e da necessidades dele, por exemplo, você pode definir o que produzir, como produzir e com que frequência produzir.

Comunicação clara

Com a aplicação da linha editorial na sua oferta de conteúdos você também consegue estabelecer uma comunicação clara entre a empresa e o seu cliente. Além disso, essa clareza na comunicação pode facilitar a captação de novos clientes.

Otimização de tempo

Uma outra importante função da linha editorial é otimizar o seu tempo. A partir do direcionamento prévio de conteúdo, você não perde tempo pensando em estratégias porque você já terá uma. Ao saber exatamente para onde ir e onde pretende chegar, você só precisa ajustar o caminho.

Assim, com o direcionamento já determinado, você economiza um tempo que pode ser aplicado em outras demandas. Quem sabe você possa utilizar o tempo restante exatamente para ampliar a linha editorial que você possui. Afinal, quanto mais direcionada, mais resultados você terá.

Atração de seguidores potenciais

Com a adoção da linha editorial você também atrai seguidores que realmente fazem a diferença. Isso porque, a chegada deles certamente se refere ao conteúdo que você posta. Logo, uma ação direcionada vai atrair um crescimento em números, mas em quantidade também.

A fidelidade do seu conteúdo ao seu nicho, vai garantir que esse seja o motivo do público que você conquista. Assim, as chances de atrair seguidores que se interessam pelo assunto é muito maior. Isso significa que as possibilidades de conversão de acessos em compras também serão maiores.

Como aplicar na sua empresa?

Entretanto, para alcançar os efeitos desejados, você precisa aplicar o conceito de forma correta na sua empresa. Afinal, a adoção de linha editorial não é algo aleatório, mas, que precisa estar minimamente estruturado para surtir os efeitos necessários.

linha editorial
Foto – Linha editorial

Então, no processo de aplicação do conceito na sua empresa, você precisa seguir pelo menos alguns passos práticos considerados mais importantes. Eles estão elencados a seguir.

Defina o seu nicho

A primeira, e mais importante, coisa a se fazer no momento da aplicação da linha editorial é a escolha do nicho que você aplicará. Além de escolher, você precisa conhecer bem o seu segmento de mercado. Assim você vai evitar que haja desencontros entre o seu nicho e suas publicações, por exemplo.

Conhecer bem o assunto e aplicá-lo ainda melhor vai trazer qualidade para o conteúdo da sua empresa. Mais do que isso, você também vai alcançar a coerência que o setor precisa. Para ajudar nesse conhecimento, você pode observar o que acontece ao seu redor. Para isso, você pode observar o comportamento dos consumidores desse nicho e até a atuação e resultados dos seus concorrentes.

Defina a sua persona

Após identificar o seu nicho de atuação, você precisa apontar para a sua linha editorial quem é a sua Persona. Como persona é a representação fictícia do seu cliente ideal, você vai descobrir como sua comunicação se dará melhor com ela.

A Persona é a definição do público que acessa e consome seu conteúdo. O processo de criação da persona identifica quem é, quantos anos tem, de que gosta, de que não gosta, quais são as preferências e hábitos de compras do seu cliente em potencial. Então, com o perfil traçado, será muito mais fácil identificar formatos, linguagens e abordagens para o seu conteúdo.

Direcione os assuntos 

Ao ter em mãos as informações importantes sobre o seu nicho e a sua persona, você já terá um norte para a sua linha editorial. Agora, é hora de colocar a mão na massa a fim de definir sobre quais assuntos você gostaria de falar com o seu conteúdo.

Na prática, o que você precisa fazer é anotar tudo aquilo que for ideia. Ao colocar no papel as temáticas que gostaria de abordar, você consegue visualizar o que cabe e o que não cabe na sua linha editorial. Essa é a hora de riscar aquilo que for excesso e filtrar o que realmente se relaciona com as análises que você já fez anteriormente.

Depois de definir os assuntos principais, você pode ainda desenvolver subtemas. Anote tudo sobre informações específicas sobre cada assunto principal. Afinal, cada informação pode se transforar em um conteúdo interessante e diferente, o que é um acréscimo para a sua pauta.

Enquanto define e direciona os assuntos você também pode escolher a melhor linguagem a utilizar e a melhor forma de abordagem. Afinal, sua linha editorial precisa ser inteligente, interessante e atrativa.

Construa um cronograma

Da mesma forma que o planejamento vale para qualquer área da vida, na criação de uma linha editorial ele também é indispensável. Afinal, é através dele que você poderá manter uma constância de conteúdo. Assim, você também cria um relacionamento entre os seus consumidores de modo que uma expectativa seja gerada e, em seguida, atendida.

linha editorial

Ao conhecer a sua persona você também saberá a frequência de consumo do seu conteúdo. Assim, você pode analisar qual seria o tempo ideal a se adotar entre uma postagem e outra. O ideal é que você mantenha o equilíbrio para que não haja abordagem exaustiva, nem ausência de material.

Então, ao definir a frequência de postagem, você já pode intercalar o conteúdo. É hora de colocar no calendário aquilo que será abordado e quando isso acontecerá. Aqui, é muito importante manter a frequência, a fim de criar uma relação de confiabilidade com o público. Então, não se trata apenas da criação de um cronograma, mas de seguir corretamente o calendário que você mesmo criou.

Com a realização do cronograma você sempre terá o que postar.

Comece a criar

Agora, sim, você precisa colocar em prática toda a estrutura que você formou. Após cada passo já relacionado acima, é hora de começar a criar e publicar conforme a sua linha editorial. Procure aliar boa linguagem com comunicação verbal e visual. De repente, alternar estratégias pode deixar o seu conteúdo mais dinamizado.

Explore bastante o conteúdo que você definiu como linha, entretanto, é importante que você o faça sem deixá-lo cansativo. Afinal, você já sabe quem é sua persona e o que ela gostaria de ver no seu perfil. Então, não tenha medo de dançar conforme a demanda do seu cliente em potencial. Afinal, é o engajamento dele que vai alavancar o seu negócio.

Faça análises

Além da criação você precisa se preocupar com a análise do impacto que o seu trabalho está tendo. Pois, como você deve bem saber, o Marketing vive de interações, engajamentos, conversões e aumento de interesse.

linha editorial

Embora os números não devam ser a sua principal preocupação, especialmente no começo, muitas vezes é ele que dá o tom da aceitação do seu público. A partir do comportamento do seu público você vai decifrar o que está bom e o que precisa melhorar.

Inclusive, ao identificar pontos de falhas, não tenha medo de refazer o processo. Mas, já adiantamos que, se você seguir os primeiros passos com firmeza, o resultado certamente virá.

Não dependa da criatividade para criar a sua linha editorial

Embora a criação de conteúdo esteja diretamente ligada à criatividade, você não pode apostar todas as suas fichas apenas nesse fator. Isso porque, nem todos os dias são favoráveis à criatividade. E, nesses dias, você precisa recorrer à disciplina.

A propósito, a linha editoria é uma resposta para isso. Com tudo já esquematizado você não vai depender de inspiração divina ou de um dia perfeito que aguce o seu espírito criativo. Em vez disso, ter uma ferramenta sólida e prática vai encaminhar todo o processo. Então, seja criativo, mas seja pragmático também. Afinal, equilíbrio é tudo!

Quer saber mais sobre o assunto? Para isso você só precisa entrar em contato com a gente!

Posts relacionados

Inscreva-se e receba

conteúdos exclusivos

Seja Vono Marketing

Alavanque o
seu negócio

no mundo do
marketing