Canva

Como usar o Canva

A alma da criação de peças de design com certeza é a criatividade. Entretanto, até a criatividade pode ser muito melhor explorada com as ferramentas certas. Entre elas, o Canva se destaca pela praticidade, recursos e, custo benefício. Afinal, mesmo sem pagar nada você tem ao dispor funções importantes que geram um resultado excelente.

Para aprender a criar layouts e imagens incríveis utilizando essa ferramenta, continue com a gente neste post!

Canva
Reprodução – Reprodução Lumen5

O que é o Canva?

Primeiramente, você precisa saber o que é o Canva e o que ele representa no mundo das criações. Trata-se de uma ferramenta prática, disponível tanto on-line quanto para smartphones. Através dele você consegue criar gráficos profissionais com recursos autoexplicativos de arrastar e soltar.

Entre as ferramentas disponíveis está, por exemplo, um imenso banco de imagens que podem ser usadas de maneira gratuita ou paga, o que dá acesso a milhares de imagens públicas que não te darão dor de cabeça quanto a direitos autorais. Lá também estão templates pré definidos que podem salvar a sua produção. A partir deles, dá para fazer as alterações de preferência que encaixarão na sua necessidade, seja post no Instagram, Facebook, documentos diversos, eventos, convites e muitos outros.

Além disso, a plataforma conta com ferramentas como filtros para as imagens, formas, ícones, fontes e efeitos em um número bastante expressivo de possibilidades. Como resultado, você terá peças originais e criativas produzidas de maneira prática e rápida.

Como usar o Canva?

O primeiro passo é a definição da versão que você utilizará. Pois, além da versão gratuita, que possui inúmeros recursos, há ainda versões pagas que potencializam o uso ainda mais. Por exemplo, há o Canva Pro, que costuma ser adquirido por empresas maiores. Nessa versão, além de um banco de recursos maior, também é possível trabalhar em projeto em equipe e agendar publicações em redes sociais. Mas, se o caso é de produção em larga escala, o Enterprise é om mais indicado. Afinal. possui ainda mais recursos e integração com outras ferramentas.

Seja qual for a demanda, o importante é saber que o Canva possui boas ferramentas para suprir. E, seguindo as dicas a seguir, você verá que é muito mais fácil do que parece. Com o toque da criatividade, os resultados serão incríveis.

Canva
Reprodução – Canva

Crie o seu perfil

Agora que você já sabe tudo sobre o Canva, a utilização requer um cadastro. Mas, trata-se de um processo fácil, já que você fazer o acesso com a conta do Google, do Facebook ou, se desejar, criando um e-mail específico para o novo cadastro.

Em seguida, o site irá te direcionar para a tela inicial da ferramenta, onde é possível escolher que tipo de trabalho você deseja fazer.

Defina o template

Conforme já adiantamos, a plataforma tem uma infinidade de templates pré definidos. Assim, você pode pesquisar pela categoria do seu interesse. Por exemplo, caso a peça seja para um story do Instagram, você pode pesquisar por esse nome, e a ferramenta mostrará quais modelos prontos para você escolher. Após a definição, você poderá mexer no template, alterando figuras, fontes, cores, e tudo o que precisar para deixar a criação com a cara do objetivo.

Mas, você também pode começar do zero, definindo no canto superior direito da tela apenas o tamanho da sua peça. Assim, o Canva te dará uma página em branco para que você estruture o seu projeto ponto a ponto, como desejar.

Canva
Reprodução – Canva

Escolha boas imagens

O engajamento de publicações depende, em significativa parte, das imagens que você escolhe para o projeto. A partir do uso do Canva isso é uma tarefa simples, já que a plataforma possui uma biblioteca grande disponível.

Para utilizar as fotos dos arquivos da plataforma, você deve aproveitar o catálogo do Pixabay e Pexels. Se quiser fazer isso de maneira gratuita, basta clicar em ‘mais’, e escolher a biblioteca em seguida.

Compartilhe e baixe a imagem

Uma ferramenta interessante da plataforma é a possibilidade de compartilhar o trabalho de criação. Primeiro, durante o próprio processo, você pode adicionar outras pessoas, através de e-mail, que contribuam na edição do projeto.

Depois de tudo pronto, é hora de compartilhar com os destinatários. Para fazer isso, você pode baixar o arquivo em sua própria máquina, no formato que considera ideal, ou compartilhar com posts diretos em outras plataformas. Você pode fazer isso, por exemplo, em ferramentas como o Facebook, Pinterest, ou simplesmente salvar em outros serviços de arquivos online.

Você também vai gostar de saber: Psicologia das cores: saiba como ela afeta a sua marca

Posts relacionados

Inscreva-se e receba

conteúdos exclusivos

Seja Vono Marketing

Alavanque o
seu negócio

no mundo do
marketing